Simulação de Impostos de forma online pelo site da Receita Federal

A Simulação imposto de renda 2019 o beneficiário consegue fazer pela internet. A própria Receita Federal disponibiliza um sistema contendo esse recurso, que por sinal é prático e simples de ser usado. Faça a simulação do imposto de renda 2019.

Pela internet fica bem mais fácil do que comparecer as agências de atendimento. Para obter as informações necessárias é preciso informar os dados pedidos, somente assim para que o sistema retorno uma simulação mais verídica.

Um ponto interessante a ser mencionado é a gratuidade do serviço, não é cobrado nada para que os beneficiários possam acessar esse recurso. Caso esteja interessado em fazer a simulação tem um tópico abaixo ensinando passo a passo como funciona.

As alíquotas passam por alterações todos os anos e é de suma importância acompanhar essas mudanças, principalmente para saber quanto será descontado em nosso salário.

Aqui você confere como obter informações sobre as alíquotas e como você pode efetuar a consulta imposto de renda 2019 e simulação do imposto de renda para o ano de 2019.

Imposto de Renda 2019

Imposto de renda, como o próprio nome já diz, é aquele imposto cobrado sobre os seus rendimentos mensais. É a Receita Federal quem faz o recolhimento do mesmo, que posteriormente é transferido para o governo.

Todos os anos os trabalhadores devem efetuar a declaração do Imposto de Renda, esse serviço é muito importante e quem não faz o mesmo acaba ficando com pendências e restrições. Sem contar ainda que é necessário pagar multas para a Receita.

Essa tabela é referente ao ano anterior, a Receita ainda não disponibilizou a desse ano.

As alíquotas do imposto de renda 2019 variam conforme o salário recebido pelo contribuinte. Quanto mais alto maior é o valor descontado no imposto.  Para esse ano ainda não foram atualizadas, em breve a Receita fará isso e você poderá consultar diretamente no site, acessando esse link: www.receita.fazenda.gov.br

Simulação do IR

Faça a simulação imposto de renda 2019 pela internet de forma facilitada. O recurso é de fácil utilização e a seguir constam as instruções sobre como proceder passo a passo, entenda mais sobre:

  • Site da Receita Federal do Brasil: www.receita.fazenda.gov.br
  • Veja que é pedido a informação de dados como Rendimentos tributáveis, Previdência, quantidade de Dependentes e outras deduções;
  • Informe todos os dados que o sistema vai gerar as informações referentes a base de cálculo.

Um recurso importante e que facilita muito o conhecimento sobre o imposto de renda, seja de qual ano for. O recurso fica disponível para você consultar sempre que necessário.

Simulando pela internet o procedimento fica mais simples e rápido. Utilize o recurso sempre que você quiser, vale a pena ficar de olho nas ferramentas que a Receita vem trazendo para que os beneficiários e contribuintes possam consultar.

...

Novidades para trabalhadores que tem direito a receber Abono Salarial

Trabalhadores que tem direito de receber o PIS, vão receber valor de R$724. Este valor é equivalente ao valor do salário mínimo vigente no Brasil no ano de 2019. O pagamento deste valor é feito de acordo com a Tabela do PIS 2019, que ainda não foi divulgado oficialmente.

O pagamento do Abono Salarial PIS em 2019 poderá ser realizado por várias maneiras. Uma grande vantagem para os trabalhadores que possuem conta na Caixa Econômica Federal, está no fato de poderem receber o pagamento por meio de crédito em conta bancária automaticamente no período disponível no calendário. Outras formas de receber o PIS 2019 são:

  • Através do crédito na folha de pagamento, caso a empresa empregadora do trabalhador tenha celebrado convênio CAIXA PIS-Empresa.
  • Nos terminais de autoatendimento, Correspondente Caixa Aqui e Loterias, utilizando o Cartão do Cidadão com senha cadastrada.
  • Em agência da CAIXA, mediante apresentação do número do PIS e um dos documentos de identificação.
...

Oportunidade de emprego na Polícia Civil de Minas Gerais

Ainda não saiu o novo Concurso Policia Civil MG 2019, o mesmo está sendo bastante aguardado por que é a oportunidade que muitos querem para poder conquistar o cargo que desejam. Hoje em dia em meio a tantos concursos públicos a pessoa que não estuda não consegue garantir uma vaga, por isso que toda preparação deve ser feita com antecedência, e se você ainda não iniciou a sua não deixe de fazer isso o quanto antes.

Concurso Policia Civil

Saiba que esse concurso é bastante concorrido, mas na verdade é difícil um que não seja. Mas por ter tantos conteúdos para estudar sempre é indicado, pelo menos, oito meses de antecedência nos estudos, mesmo por que isso faz uma grande diferença. Estudando com antecedência você consegue se preparar bem melhor.

Vagas Concurso Policia Civil MG 2019

No último certame que tivemos para esse órgão as vagas era ótima e até mesmo pessoas de outros estados vieram para concorrer. Com as vagas do Concurso Policia Civil MG 2019 não será muito diferente mesmo, pois cada dia que passa aumenta o número de pessoas interessadas em concorrer. Anotamos abaixo as previsões que teremos de vagas para esse ano, vejamos:

  • Investigador de Polícia – R$ 2.766,00 + Benefícios;
  • Agente Policial – R$ 3.100,00 + Benefícios;
  • Escrivão da Polícia – R$ 2.800,00 + Benefícios.

Prova da Policia Civil MG

Quem organizou o concurso anterior desse órgão foi a Fumarc, mas para o de 2019 ainda não temos previsão de que banca será. Enquanto isso pegue o conteúdo a ser estudado de acordo com o cargo que você almeja conquistar. Cada cargo vai lhe cobrar um tipo de conhecimento e por isso que você precisa ficar em um.

Mencionamos abaixo algumas matérias que caíram no último concurso:

  • Matemática e Raciocínio Lógico;
  • Língua Portuguesa;
  • Direito Administrativo;
  • Direito Constitucional;
  • Informática.

Edital do Concurso

Tenha livros, cursos ou apostilas para poder estudar para a prova do Concurso Policia Civil MG 2019, você vai precisar de uma ótima preparação, mas nada que uma boa antecedência permite que você tenha. Não atrase os estudos e aproveite ao máximo que você puder todos os seus horários, vai valer a pena todo esforço no final das contas.

 

...

Prazos para solicitação de benefícios dos trabalhadores

O legislador optou por buscar proteger o empregado mais vulnerável, ou seja aquele que com maior frequência possa ser demitido, assim não existe um limite máximo de vezes que você pode receber o seguro desemprego 2019, no entanto existem alguns prazos entre uma e outra solicitação que devem ser respeitados para a obtenção do benefício novamente. Veja abaixo quais são:

  • 1ª Solicitação: É necessário que o trabalhador comprove que trabalhou em pelo menos 12 meses, nos últimos 18 meses antes de ser dispensado.
  • 2ª Solicitação: É necessário que o trabalhador comprove que trabalhou em pelo menos 9 meses, nos últimos 12 meses antes de ser dispensado.
  • A partir da 3ª solicitação: É necessário que o trabalhador comprove que trabalhou pelo menos 6 meses antes de ser dispensado. Além disso é necessário também que o trabalhador comprove todos os salários recebidos.

Resumindo: Quantas vezes posso receber o valor do seguro desemprego? Quantas vezes forem necessárias desde que respeitadas as regras acima descritas.

O seguro desemprego busca proporcionar renda a quem não tem (desde que demitido sem justa causa), e quando você consegue um novo emprego, a princípio você não precisa mais da renda proporcionada e o benefício pode ser suspenso dependendo do tempo que você ficou desempregado.

Em outras palavras, considerando o tempo entre a demissão e a admissão no novo emprego você receberá determinado número de parcelas, e as demais podem ser suspensas. Veja abaixo:

  • De 30 a 44 dias você tem direito a receber 1 parcela e as demais poderão ser suspensas;
  • De 45 a 74 dias você tem direito a receber 2 parcelas e as demais poderão ser suspensas;
  • De 75 a 104 dias você tem direito a receber 3 parcelas e as demais poderão ser suspensas;
  • De 105 a 134 dias você tem direito a receber 4 parcelas (desde que com base nos critérios você tivesse direito a 4 ou 5 parcelas, e nesse caso a 5ª parcela poderá ser suspensa).
  • A partir de 135 dias você tem direito a receber 5 parcelas (desde que com base nos critérios você tivesse direito a 5 parcelas)
...

Emissão da Guia do IPVA Online

Os condutores de veículos têm a liberdade de emitir a guia do IPVA 2019 MG pela internet e de se informar sobre os prazos de pagamento também por esse meio. Assim, não é necessário estar indo até a unidade de atendimento, como ocorria anteriormente. IPVA 2019 MG em breve deverá ser pago, e você precisa se informar sobre os detalhes.

No post de hoje iremos conferir algumas informações a respeito desse imposto que é obrigatório, incide sobre quase todos os veículos e que ocorre uma vez por ano. Logo, é de suma importância que você mantenha o pagamento do mesmo em dia para evitar problemas futuros. Aproveite para saber mais também sobre o IPVA 2019 RJ!

Além do IPVA, outro imposto obrigatório de quem possui um veículo, seja ele, carro, moto, caminhão, é o DPVAT 2019 MG, o qual é de extrema importância, pois assegura as vítimas de acidentes de trânsito.

Tabela de Pagamento IPVA 2019 MG

Ainda não foi divulgado a tabela de pagamento IPVA 2019 MG, quem traz essa informação é o próprio Detran, mas no momento ele ainda não lançou a nova tabela com as novas datas para pagamento.

Em breve teremos maiores informações a respeito dos prazos, que por sinal passam por alterações todos os anos, logo, não dá para usar como referência a tabela anterior, pois os dados não são os mesmos.

Essa tabela que deixamos acima é referente ao ano anterior, mas assim que a nova tabela for lançada iremos atualizar os dados para vocês consultarem. Fique por dentro e se informe a respeito de quando pagar esse imposto.

Pagamento IPVA 2019 MG

Pagamento do IPVA 2019 MG também passou por mudanças, agora os condutores têm formas mais acessíveis de efetuar o pagamento e já tem alguns anos que essa opção está válida.

Estamos nos referindo ao parcelamento que agora é concedido e que tem facilitado a vida de inúmeras pessoas. Agora você não precisa deixar atrasar o pagamento desse imposto, mesmo por que é possível parcelar em até três vezes.

Saiba também como realizar o pagamento do Seguro Obrigatório.

A seguir você confere quais são as formas de pagamento:

  • pagamento em cota única: com desconto de 10% até a data de vencimento;
  • pagamento parcelado: sem desconto, feito em três vezes sem juros.

Emissão da Guia do IPVA 2019 MG

Para o proprietário emitir a guia IPVA 2019 MG ele pode entrar no site do Detran MG e fazer o procedimento. Pelo atendimento presencial também é possível, mas por esse meio é mais rápido, por isso mais recomendado.

Segue as instruções sobre como fazer a emissão passo a passo:

  • Site do Detran MG: detran.mg.gov.b
  • Informe número da Placa;
  • Informe o número do Renavam;
  • Entrando no site você poderá emitir a guia para pagamento único ou parcelado.
...

12 Mudanças na Lei Trabalhista

Com a Reforma Trabalhista aprovada e pronta para entrar em funcionamento em novembro de 2017, os trabalhadores brasileiros ficam com dúvidas a respeito de quais mudanças vão chegar e também quais vão afetar todos os empregados ou apenas grupos específicos, como gestantes ou trabalhadores home-office, por exemplo.

MUdanças na Lei trabalhista
Imagem: G1

As novas leis trabalhistas vão incluir o Fundo de Garantia de Tempo de Trabalho (FGTS) na lista de benefícios que poderão ser negociados entre patrão e empregado. A inclusão aconteceu para que futuramente os juízes do trabalho não possam negar o saque do FGTS e outros benefícios para o trabalhador, pois o contrato que ele firmou com o contratante é valido sobre a lei, o que foi chamado de acordo sobre o legislado.

Como funciona o FGTS pela Nova lei trabalhista

O Fundo de Garantia de Tempo de Serviço é um dos benefícios mais utilizados pelos brasileiros, e em 2017 ele recebeu algumas alterações nas regras, confira quais são e também outros dados sobre o FGTS a seguir.

A primeira mudança é a multa de 10% paga pelos empresários aos trabalhadores no momento de demissão sem justa causa. Este valor também está associado aos 40% que o trabalhador receberá também. Esta porcentagem será zerada ao longo dos próximos dez anos, 1% ao ano, o que garante menos dinheiro para o governo, pois este valor era pago diretamente à União para despesas do FGTS.

Nova Lei Trabalhista FGTS

A segunda mudança diz respeito a distribuição de 50% do FGTS para os trabalhadores. Isso significa que os contratados poderão receber até metade do valor guardado em sua conta do FGTS para sacar ou investir como quiser, semelhante ao PIS. Ainda não se sabe se isso atrapalhará a atual função do FGTS de servir com um fundo de garantia para a aposentadoria dos brasileiros.

Estas são as duas mudanças propostas pelo Governo Federal para o FGTS.

E de acordo com a antiga lei do FGTS, para que ele funcione, o empregador deve depositar mensalmente em uma conta bancária no nome do funcionário 8% do valor correspondente do seu salário. Em caso de menor aprendiz, o valor depositado é de 2%.

Vale lembrar que o FGTS rende na média de 3% do salário do trabalhador ao ano, E o FGTS não é descontado do salário como a maioria dos brasileiros pensa. Caso o empregador não esteja depositando o valor corretamente, o empregado pode entrar com um processo na Justiça do Trabalho.

Reforma trabalhista – Home-office

Quem trabalha em Home-Office, ou seja, trabalhar em casa, atualmente está sujeita as mesmas regras dos demais funcionários, por exemplo, a jornada de trabalho. Com a nova lei, quem trabalha em casa não conta mais a jornada de trabalho, excluindo esse funcionário das horas extras.

O que será contado serão as horas trabalhadas por esse funcionário, e o empregador deve arcar com as despesas desse funcionário, como computadores e materiais usados para o trabalho.

O trabalhador Home-Office tem direito a remuneração, férias, 13° salário e verbas rescisórias. Em caso de rompimento de contrato, deve ser cumprido 15 dias de aviso prévio.

...